Google+ Followers

POEMA AO ACASO









Poema ao acaso


terça-feira, 17 de novembro de 2009

Amizade Verdadeira - Traz de Volta

Amor eterno

De Poema e Poesia

Amor eterno

Que o amor que busco
Não seja como gota de orvalho
De beleza rara
Mas tão fugaz
Forma-se à noite
E ao amanhecer se desfaz!
Se o amor traz felicidade
Quero amar sim e assim viver
No colo, nos lábios de alguém
Me encontrar e me perder
Não por horas
Minutos ou segundos
Tempos do mundo
Mas pela eternidade!


Walter Pereira Pimentel



De Poema e Poesia